domingo, 27 de novembro de 2011

ADVENTO: ESPERA ATIVA DAQUELE QUE VEM

Iniciamos hoje o novo ano litúrgico com o tempo do Advento, dentro do ciclo do Natal do Senhor. Advento significa vinda. É o Senhor que vem ao nosso encontro trazer-nos a vida em abundância de Seu Reino de amor. Como bem indica o prefácio deste tempo, Jesus, o Filho de Deus “revestido de nossa fragilidade, veio a primeira vez para realizar seu eterno plano de amor e abrir-nos o caminho da salvação, e revestido da sua glória, virá uma segunda vez, para conceder-nos em plenitude os bens outrora prometidos e que hoje vigilantes esperamos” (cf. Prefácio do Advento I). A primeira vinda de Jesus deu-se no mistério da encarnação, quando Ele assumiu nossa condição humana, no seio de Maria Santíssima, pela força do Espírito Santo, cumprindo assim a vontade amorosa do Pai.

Há mais de dois mil anos, Ele passou entre nós anunciando a chegada do Reino do Pai e nos convocando à conversão, isto é, a orientarmos nossa vida pelo mandamento do amor. Como sabemos, Ele veio para nosso meio, mas nós não o acolhemos! Ele nos trouxe a luz e nós preferimos as trevas! O certo é que depois de sua morte e ressurreição, Ele retornou ao Pai e nos prometeu voltar de novo para conceder-nos em plenitude os bens outrora prometidos.

Desta forma a Igreja, isto é, a comunidade dos fiéis ao Senhor, vive até a segunda vida de Jesus, uma atitude de espera, pois estamos certos que Ele voltará, mesmo que sem saber o dia nem a hora. Estamos, então, num período permanente de advento, isto é, de espera permanente e vigilante de Sua vinda!

Mas é impossível separar a vinda definitiva do Senhor, no final dos tempos – a parusia – de Sua primeira vinda – o Natal. Então, preparando-nos para celebrar o Natal, o mistério de Sua encarnação, durante quatro semanas, vamos ouvir atentamente a Palavra de Deus, particularmente o profeta Isaías, bem como o anúncio veemente do precursor, João Batista, “voz que clama do deserto” e contemplar a Virgem Maria, gestando em seu seio puríssimo o Filho do Altíssimo e esperando ansiosamente a chegado do Messias esperado pelo povo de Israel, o povo da Primeira Aliança. Este é o panorama das quatro semanas do Advento.

Celebrar a primeira vinda do Senhor, o Natal, não é só fazer a memória do maior acontecimento da história humana – Deus veio morar conosco – mas é assumir o compromisso de fazê-lo nascer de novo em tantos lugares neste nosso planeta onde Ele ainda não nasceu ou onde continua não encontrando lugar para nascer, como aconteceu há mais de dois mil anos em Belém de Judá. Esse compromisso com Seu Natal nos faz trabalhar ativa e permanentemente para sensibilizar toda humanidade em relação a uma nova realidade: Jesus, o Filho de Deus, veio nos revelar que somos filhos de Deus e devemos nos amar e construir uma nova humanidade, sem divisões, sem desigualdades, sem violência, sem exploração nem das pessoas nem dos recursos da natureza, pela ambição do dinheiro. Viver o Advento e preparar o Natal de Jesus é tomar consciência do que se passa ao nosso redor, principalmente da fome que continua matando milhões de pessoas pelo mundo afora e que um novo mundo é possível se acolhemos em nosso coração e em nossa vida o Filho de Deus, o Emanuel – Deus conosco.

Frei Marconi Lins, OFM
Ministro Provincial

Um comentário:

  1. SAUDAÇÕES
    VENHO ATRAVEZ DESTE COMENTARIO PEDIR AJUDA
    QUERO MUITO ENTRAR PARA O CONVENTO E GOSTARIA DE SABER O QUE DEVO FAZER...DEUS TEM ME CHAMADO PARA SERVIR... TERMINEI MEU CURSO DE TECNICO EM ENFERMAGEM ESTE FIM DE ANO, GOSTO MUITO DE AJUDAR A QUEM PRECISA...TENHO 20 ANOS E QUERO MUITO SERVIR AO NOSSO BOM DEUS.
    AGRADEÇO DESDE JA.
    LEIRIANE DA SILVA
    ENTRE EM CONTATO COMIGO:
    leiry_91@hotmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...