domingo, 16 de novembro de 2014

MOSTRA REÚNE OBRAS DE FREI DOMINGOS SÁVIO


Uma mostra com 16 pinturas 11 desenhos e um painel de autoria de Frei Domingos Sávio está aberta ao público no Convento São Francisco de Olinda pelos próximos dois meses. O lançamento da exposição aconteceu no sábado, 15 de novembro, e contou com a presença de familiares, amigos e confrades do franciscano que utilizava da arte como missão. 

A mostra foi uma iniciativa de amigos e confrades do religioso. A curadoria da exposição ficou a cargo do artista plástico Roberto Ploeg, que considera a arte de domingos uma atitude crítica de indignação diante das injustiças sociais e, ao mesmo tempo, a chama de esperança de uma sociedade mais igualitária. 

A exposição aborda temáticas cristãs, populares, sensuais e, sobretudo, retratos do cotidiano. Uma diversidade de tons, técnicas e formatos que permite aos visitantes um passeio pelo universo amplo que frei Domingos Sávio procurou contemplar e registrar através de seu olhar. 

Boa parte as obras do frei Domingos tem as marcas da teologia da libertação. O religioso foi um dos fundadores do Movimento de Artistas da Caminhada – Marca, colocando sua arte a serviço de várias organizações populares e ONGs comprometidas coma transformação da sociedade brasileira. 

Após descobrir, aos 35 anos, que era portador de uma lesão degenerativa-progressiva na medula chamada siringomielia, Frei Domingos foi, pouco a pouco deixando de pintar. Mas não abandonou as artes. Explorou, e com maestria, a veia literária. São crônicas e cartas de cunho meditativo que resgatam o cerne de sua vocação franciscana: o olhar para os pobres e marginalizados. Os produtores e idealizadores da exposição pretendem, logo a seguir, lançar um livro com suas crônicas. 

Frei Domingos participou de todo o processo de criação da exposição. Infelizmente veio a falecer em agosto deste ano, mas sua memória permanece viva através de sua obra. A exposição permanece em cartaz até dia 6 de fevereiro no Convento de São Francisco com entrada gratuita. Um blog também foi produzido para divulgar a mostra, onde podem ser conferidas tanto informações sobres as obras como outras curiosidades e perspectivas do projeto.

Fonte: http://www.ofmsantoantonio.org/?p=3524

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

ELEITO NOVO GOVERNO DA PROVÍNCIA DE SANTO ANTÔNIO DO BRASIL

Foram eleitos em Sessão Capitular na tarde desta quarta-feira (12/11/2014) os frades que comporão o Governo da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil. Para o serviço de Ministro Provincial foi eleito Frei Carlos Alberto Breis Pereira, OFM (Frei Beto) e para Vigário Provincial, Frei João Amilton dos Santos, OFM. Como definidores foram eleitos: Frei Severiano Alves Barbosa, OFM, Frei Lenilson Santana Santos, OFM, Frei Wellington Buarque de Souza, OFM, Frei Rogério Rodrigues da Silva, OFM, Frei Sérgio Moura Rodrigues, OFM e Frei Gilmar Nascimento da Silva, OFM. 


Ao centro o Ministro Provincial, Frei Carlos Alberto Breis e o Vigário Provincial, Frei João Amilton dos Santos. Em sentido horário os Definidores: à esquerda Frei Severiano Alves, Frei Gilmar Nascimento e Frei Wellington Buarque; à direita Frei Sérgio Moura, Frei Lenilson Santana e Frei Rogério Rodrigues. Ao centro o Ministro Provincial, Frei Carlos Alberto Breis e o Vigário Provincial, Frei João Amilton dos Santos. Em sentido horário os Definidores: à esquerda Frei Severiano Alves, Frei Gilmar Nascimento e Frei Wellington Buarque; à direita Frei Sérgio Moura, Frei Lenilson Santana e Frei Rogério Rodrigues. 

Após votarem várias propostas sobre redimensionamento das presenças, os 39 capitulares presentes reuniram-se em sessão eletiva na Sala Capitular do Convento de Ipuarana – Lagoa Seca-PB e, diante do Presidente do Capítulo, Frei Estevão Ottenbreit, OFM, tanto o Ministro Provincial cessante, Frei Marconi Lins de Araújo, OFM, quanto o Vigário Provincial, definidores e guardiães renunciaram aos cargos e serviços que até então vinham exercendo. 

Invocando o Espírito Santo, os frades pediram a inspiração divina e seguiram com a votação. Primeiro para Ministro Provincial, depois para Vigário Provincial e, por fim, para Definidores. Consultados por Frei Estevão se aceitavam prestar tais serviços à fraternidade, os irmãos responderam positivamente. A seguir todos os irmãos puseram-se em caminhada até a Igreja Conventual, onde se deu o Rito de Posse. O Ministro Provincial recém eleito, Frei Beto, realizou diante do Presidente do Capítulo e dos demais irmãos a profissão de fé. Como representante do Ministro Geral, sucessor de São Francisco, Frei Estevão investiu o novo Ministro Provincial em seu ofício, conferindo-lhe “a autoridade, o poder e o ministério pastoral de todos os Irmãos”, simbolizado através da entrega do selo da Província. Logo depois foram confirmados no cargo o Vigário Provincial e os Definidores. 

Ao final da Celebração os confrades impuseram as mãos sobre os membros do novo Governo Provincial, cantando solenemente a Benção de São Francisco, seguindo-se a saudação fraterna da paz aos recém eleitos.

Fonte: http://www.ofmsantoantonio.org/?p=3496

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

CAPÍTULO PROVINCIAL 2014 SEGUE ATÉ O DIA 13 DE NOVEMBRO


De 3 a 13 de novembro frades da Província de Santo Antônio do Brasil estão reunidos no Convento de Santo Antônio de Ipuarana, Lagoa Seca-PB, para o Capítulo Provincial 2014. No encontro serão discutidos os rumos da vida e missão onde os frades estão presente (no nordeste do Brasil, entre os índios Tiriyó, no Pará, e na Alemanha) e eleitos os novos dirigentes provinciais (ministro, vigário e definidores). 

O tema “Discernir, partindo novamente do Evangelho: Passos concretos para redimensionar nossa vida e missão” norteia os trabalhos dos dez dias, quando serão apresentados relatórios e construídas propostas para os próximos três anos. Momentos de oração, estudo da Regra Franciscana e de confraternização também fazem parte do Capítulo. 

O Capítulo é uma assembléia realizada a cada três anos como tempo privilegiado de revisão e planejamento dos frades menores. Para conduzir os trabalhos, foi nomeado como Visitador Geral Frei Estevão Ottenbreit, OFM, da Província da Imaculada Conceição. Ele visitou todas as fraternidades e apresentará seu relatório apontando desafios e perspectivas da missão provincial.

Fonte: http://www.ofmsantoantonio.org/?p=3456

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

PROCISSÃO ENCERRA OS FESTEJOS A SÃO FRANCISCO DAS CHAGAS DE CANINDÉ/CE

O encerramento oficial da Festa de São Francisco foi marcado com a procissão do andor do santo pelas ruas de Canindé. Milhares de pessoas acompanharam a imagem primitiva de São Francisco, trazida a Canindé pelo seu fundador, Francisco Xavier de Medeiros. Há mais de 200 anos a Imagem de São Francisquinho é símbolo da Fé do Romeiro em Canindé. 

Foi à primeira imagem do Santo a chegar a nosso Santuário e, por isso, está gravado na História do Povo Nordestino. Mesmo com tanto tempo a Imagem repassa ainda hoje para os fiéis, a imagem de São Francisco de Assis que em toda sua vida buscou ser sempre um Espelho de Perfeição. 



Segundo o historiador, César Magalhães, a imagem de São Francisquinho tem traços da Escola de Artes de Pernambuco, ficando bem claro que a imagem não veio de Portugal, como conta a história, e sim, brasileira.

Fonte e fotos: http://www.santuariodecaninde.com/noticias-destaques/procissao-sao-francisco-ruas-caninde-bencao-com-reliquia/

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

FESTA DE SÃO FRANCISCO DAS CHAGAS DE CANINDÉ/CE 2014


O santuário dedicado a São Francisco, localizado no município de Canindé, 124 quilômetros da capital cearense, recebe devotos e visitantes de todo país. A cidade está radiante com a chegada dos romeiros, vindos de diversos estados. Eles começam a chegar a pé, de bicicleta, motocicleta, ônibus, pau-de-arara, a cavalo e tantas outras. 

O que os move é a fé na intercessão do Santo das Chagas. A romaria é um momento divino, onde todos se superam, mostram sua fé, deixam o cansaço de lado para estar na casa de Deus, ou mesmo agradecer a vida que tem, e as graças atingidas. 

Em nosso Santuário de São Francisco das Chagas, em Canindé, conseguimos ver em cada romeiro, a felicidade de ter alcançado seu objetivo, e vencido suas dificuldades. Não podemos desistir nunca.




Fonte e fotos: http://www.santuariodecaninde.com/noticias-destaques/festa-sao-francisco-atrai-muitos-devotos-peregrinos-santuario-caninde/

terça-feira, 7 de outubro de 2014

FREI JUVENAL BONFIM REALIZA SUA PÁSCOA DEFINITIVA

Faleceu na tarde desta segunda-feira, 06 de outubro, aos 83 anos, Frei Juvenal Vieira Bonfim, OFM, que se encontrava internado no Hospital da Restauração, em Recife, após ter se submetido a uma cirurgia de vesícula. 

Frei Juvenal dedicou grande parte de seus 61 anos de vida religiosa e 55 de presbítero a serviço dos pobres, acompanhando suas lutas e fortalecendo suas esperanças, particularmente através das Comunidades Eclesiais de Base e de Movimentos Populares. Há 42 anos vivia e atuava no âmbito da Diocese de Garanhuns (PE). 

O sepultamento acontecerá amanhã, às 16h, em Sítio Cruz (Garanhuns), logo após a Celebração Eucarística de corpo presente.

Fonte: http://www.ofmsantoantonio.org/?p=3441

sábado, 4 de outubro de 2014

PARABÉNS, FREI MARCONI!


Parabéns, Frei Marconi, muita saúde, paz, longevidade! Que Deus, Nossa Senhora e São Francisco de Assis te abençoe.

MENSAGEM DO MINISTRO PROVINCIAL NA SOLENIDADE DE SÃO FRANCISCO

Recife, 3 de outubro de 2014. 

Caros Confrades, 
“O Senhor lhes dê a Paz!” 

Estamos em festa com a celebração da Solenidade de nosso pai São Francisco de Assis! E a festa deste ano se reveste de um significado todo especial: estamos às vésperas de nosso Capítulo! Daqui a um mês nossa Assembleia capitular estará reunida para dar a finalização da caminhada rumo ao Capítulo que estamos fazendo há algum tempo, tomando decisões importantes para que nossa Fraternidade provincial, parte da Ordem dos Frades Menores, presente no Nordeste, em Belém e Missão Tiriyó, no Pará, em Bardel e Mettingen, na Alemanha, dê passos concretos para redimensionar nossa vida e missão de frades menores! 

O que queremos, na verdade, é dar mais qualidade a nossa vida fraterna, fortalecendo os laços que nos unem em fraternidade, tornando o nosso cotidiano mais significativo na convivialidade, na vida de oração, na busca de nos formarmos permanentemente para dialogar com todas as pessoas e sermos frades menores portadores do dom do Evangelho na Igreja e no Mundo! 

Escrevo esta mensagem singela depois de ter lido e refletido a Carta de nosso Ministro Geral, Frei Michael Anthony Perry e o Definitório Geral para a Sollemnitas Sancti Francisci 2014, que lhes envio em anexo. 

Meus irmãos, não podemos deixar o pessimismo invadir nosso coração, particularmente neste momento decisivo da celebração de mais um Capítulo de nossa Fraternidade em sua história de 429 anos! Vivemos num mundo em crise, numa Igreja e numa Ordem acrisoladas por um momento histórico particularmente crucial, mas cheio de oportunidades para a humanidade e o planeta, nossa casa comum: oportunidade de construirmos sinais mais evidentes da sonhada civilização do amor; oportunidade para estabelecermos novos parâmetros para uma economia solidária; oportunidade para uma convivialidade fraterna com todas as formas de vida na Terra! 

Para nós, frades menores, seguidores de Jesus Cristo nas intuições evangélicas de Francisco de Assis, essas oportunidades estão mais que evidenciadas no testemunho fraterno, coerente, minorítico e itinerante de nosso irmão e pai Francisco no século XIII e que continua ainda hoje inspirando milhares de pessoas no mundo inteiro! Nossa condição de frades menores, formados na Igreja e no mundo pelo Evangelho de Jesus Cristo, pelas fontes do Carisma franciscano e pelo testemunho de tantos frades menores, também em nossa Fraternidade, não admite que não queiramos ser para as mulheres e homens de hoje uma Fraternidade contemplativa em missão, na minoridade! A força de nosso Carisma não admite que não acreditemos na fraternidade e não busquemos, todos os dias, as mediações necessárias para torná-la concreta, particularmente na celebração da Eucaristia, no dom do trabalho para a vida fraterna e na missão eclesial! “Nosso claustro é o mundo” este mundo concreto, violento, injusto e ingrato, particularmente para nossos irmãos e irmãs pobres! Mas foi e é neste mundo que construímos a histórica como o lugar teológico onde Deus veio viver conosco e onde Ele “nos amou até o fim” (cf. Jo 13,1)! 

Feliz Solenidade de São Francisco! 
Paz e Bem para todos vocês! 


Frei Marconi Lins de Araújo,OFM
Ministro Provincial

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

MENSAGEM DO MINISTRO PROVINCIAL NA PASSAGEM DO DIA DA AMAZÔNIA 2014

ORDEM DOS FRADES MENORES 
Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil 
Caixa Postal, 176 50001-970 Recife PE 
Telefone: +55 81 3424-4556 Fax: +55 81 3224-0033 
Endereço eletrônico: ofmne@terra.com.br 

Recife, 5 de setembro de 2014


Caríssimos Confrades, 
Paz e Bem! 

Nesta sexta-feira, dia 5 de setembro, comemoramos o Dia da Amazônia nossa grande floresta cuja área representa dois quintos da América do Sul e a metade do território brasileiro. A extensão da floresta amazônica abrange, além dos estados brasileiros do Acre, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia, Amazonas, Tocantins, Maranhão, área do Mato Grosso, outros países da América do Sul, como: Venezuela, Guianas, Suriname, Bolívia, Colômbia, Peru e Equador. Além disso, concebe um quinto das águas doces do mundo, sendo a maior bacia hidrográfica do planeta, com extensão de sete milhões de quilômetros. Os principais rios que formam a bacia são, além do Amazonas, os seus afluentes: Negro, Trombetas e Japurá – à esquerda; e Madeira, Xingu, Tapajós, Purus e Juruá à margem direita. 

Todos os dias somos informados pelos meios de comunicação da ameaça constante que sofre nossa grande floresta pelo desmatamento, pelas queimadas, pela exploração das madeireiras, pelo avanço do agronegócio e das mineradoras e de tantas outras ameaças que vão dizimando a biodiversidade, os povos indígenas e as populações ribeirinhas que compõem esse complexo ecossistema fundamental para a existência e o equilíbrio da vida em nosso planeta. 

Nós, franciscanos, estamos presentes na região Amazônica desde o século XVI e por isso não podemos estar alheios às ameaças que sofre a floresta com seus rios, biodiversidade e povos que aí vivem, nem nos omitir em colaborar com nossas presenças na região. Eis o que diz a Decisão nº 24 do Capítulo Geral de 2009: 

“No VIII centenário da fundação de nossa Ordem, o Capítulo geral escolhe, como sinal de profecia evangélica, empenhar-se num projeto integral na Amazônia. 

• Este projeto tenha presente: a força humanizadora do Evangelho, a salvaguarda e a integridade da criação e a defesa e promoção das culturas autóctones. 
• Na realização deste projeto, assuma-se três compromissos concretos: 

1. Apoiar e reforçar as presenças já existentes a partir do século XVI (vicariatos e custódias); 
2. Criar novas fraternidades interprovinciais; 
3. Criar uma rede de solidariedade em nível de toda a Ordem, da Família Franciscana e de outros grupos. 

• O Capítulo geral confia este projeto ao Governo geral da Ordem, a fim de que o realize conjuntamente com o Secretariado Geral para as Missões e a Evangelização (SGME), o Escritório JPIC, a União das Conferências Franciscanas Latino-Amereicanas e do Caribe (UCLAF) e, especialmente com as Entidades que vivem e levam adiante a sua missão”. 

A presença da Província na região do Baixo Amazonas foi, no passado, muito vigorosa e importante, basta lembrar nossa missão entre os índios Mundurucu, fundada em 1911, e entregue ao Comissariado dos Franciscanos de Santarém em 1961, e a Missão entre os índios Tiriyó, fundada em 1960 e que ainda hoje conta com nossa presença. 

Para apoiar estas presenças franciscanas na Região Amazônica, a Conferência dos Ministros Provinciais dos Frades Menores (CFMB), instituiu uma coleta anual que deve ser promovida pela Entidades dos Frades Menores no Brasil. Solicitamos, então, que neste final de semana, nos dias 6 e 7 (sábado e domingo), os confrades, nas homilias e nos encontros com o povo de Deus falem deste evento e desta coleta, aproveitando os dados e motivações desta mensagem que envio a todos. 

Gostaria de informar, aos confrades e ao povo de Deus, dois fatos que muito nos alegra e que dizem respeito à nossa presença missionária no norte do Pará: hoje, dia 5, nosso confrade Frei Paulo Calixto, há quarenta e cinco anos missionário entre nosso irmãos indígenas na Missão Tiriyó, completa 80 anos. Sempre animado e cheio de esperança, é um testemunho de compromisso de nossa Província com os povos indígenas. Também Frei Ronaldo César, atualmente fazendo sua experiência fraterno-missionária na Missão Tiriyó, pede para continuar na Missão no primeiro semestre de 2015. 

Louvemos ao Senhor pelos irmãos e irmãs que são Seus discípulos e missionários na região Amazônica! Acolhamos, com alegria, a oportunidade de apoiarmos a presença evangelizadora da Igreja de Jesus Cristo para que com a força profética do Carisma de nosso irmão e pai Francisco de Assis, padroeiro da Ecologia, preguemos com as obras a reconciliação, a paz e a justiça e mostremos o respeito pela Criação (cf. CC.GG. Art. 1 §2). 

“Que o Senhor lhes dê a Paz!”

Frei Marconi Lins de Araújo, OFM
Ministro Provincial

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

FREI DOMINGOS SÁVIO RECEBE A VISITA DA IRMÃ MORTE

A irmã morte visitou, nesta sexta-feira, 15 de agosto, Frei Domingos Sávio de Menezes Carneiro, OFM, que integrava a Fraternidade de Santo Antônio, no Recife. O franciscano tinha 53 anos e sofria de uma doença degenerativa que o fez perder progressivamente os movimentos nos membros superiores. 

Desde a última terça-feira o religioso encontrava-se internado para tratar de uma infecção urinária. Frei Domingos Sávio era natural de Barreiros, interior de Pernambuco, e ingressou na Ordem dos Frades Menores em 1984, fazendo sua profissão solene aos 28 de agosto de 1993. Como frade, sua ação missionária destacou-se, sobretudo, na área das artes, ilustrando cartazes para grupos populares, pastorais e ONGs ligadas à Teologia da Libertação. 

Segundo ele, o gosto pela pintura começou ainda criança com o incentivo da família. Na vida religiosa suas telas assumiram quase sempre a temática social. “Quero que meu trabalho suscite não apenas emoções intraduzíveis, mas, perguntas e inquietações acerca da condição humana – meu tema preferido – e que estimulem a ação transformadora”, dizia. 

Saiba um pouco mais da vida e da obra de Frei Domingos Sávio e confira uma entrevista concedida ao Programa Teologando, da Unicap.

Fonte: http://www.ofmsantoantonio.org/?p=3398

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

A GRANDE “PLANTINHA” DO CARISMA FRANCISCANO

Santa Clara nasceu em Assis, em 1194. Aos 18 de março de 1212, saiu de casa e se consagrou a Deus na igrejinha de Nossa Senhora dos Anjos, a Porciúncula. De 1212 até a sua morte, aos 11 de agosto de 1253, viveu no silêncio e no retraimento da clausura de São Damião. 

Com a celebração dos 800 anos de fundação do carisma clariano, em 2012, muito se falou e destacou a personalidade forte de Santa Clara de Assis, com base em documentos recuperados no século XX, que mostram a figura ímpar desta seguidora de São Francisco de Assis na história da Igreja. 

Hoje, já não dá mais para sequer pensar que Santa Clara foi inteiramente dependente de São Francisco. O frade capuchinho Frei José Carlos Pedroso, em entrevista a este site, explica o significado da “plantinha de São Francisco”, que gerou uma leitura equivocada desta grande mulher. “Trata-se de uma leitura desajeitada. Costumam entender que ela seria como um vaso querido de São Francisco, que ele punha na janela e regava todo dia. Seria uma criança. Mas quem conhece os textos das Fontes sabe que plantinha, em latim plântula, é o que nós chamamos de muda. Quando um mosteiro fundava outro, o fundador era chamado de plantador e o fundado era a muda, ou plantinha, porque nos primeiros tempos dependia dos cuidados do outro. Nas suas biografias, São Francisco é chamado de plantador da Ordem dos Menores. A Ordem de Santa Clara também foi plantada por ele. Uma das coisas que surpreendem em Santa Clara é que, depois de ser obrigada a seguir a regra de São Bento, a regra de Hugolino e a regra de Inocêncio IV, ela pôde finalmente fazer a dela. É notável a sua maneira de ser livre”, explica Frei José Carlos. 

Segundo o Dicionário Franciscano, os elementos fundamentais do novo estilo de vida estão sintetizados na Bula de aprovação da Regra de Santa Clara que fala da união dos espíritos e da altíssima pobreza, como também da vontade de viverem juntas na clausura. Estamos diante de aspectos exteriores de uma realidade interior centralizada no amor do pobre Crucificado. 

“Sem sombra de dúvida a pedra angular de todo o edifício religioso, de toda a vida espiritual de Clara e de suas irmãs é estarem ligadas com afeto pessoal a Jesus Cristo, amor esse ardente e apaixonado. Por causa de Cristo, perto de Cristo, junto de Cristo se realizam todas as suas experiências e se constrói sua vida em sua totalidade”. 

Neste Especial por ocasião desta festa franciscana no dia 11 de agosto, apresentamos subsídios para conhecer melhor essa gigante “plantinha” que o carisma franciscano produziu. 

fonte: http://franciscanos.org.br/?p=43031#sthash.aIEf75kh.dpuf

sábado, 2 de agosto de 2014

PERDÃO DE ASSIS DEDICADO À PAZ NO ORIENTE MÉDIO

Assis – O Perdão de Assis, a festa que inicia na manhã deste 1º de agosto e se conclui com as Vésperas Solenes do dia 2, na Porciúncula de Santa Maria dos Anjos, terá neste ano uma intenção particular de oração: o fim da guerra e das hostilidades na Terra Santa. No dia do Perdão de Assis, que há sete séculos conta com a participação de milhares de peregrinos, é possível obter a indulgência, observadas as exigências indicadas pela igreja. 

O tema deste ano foi decidido pelo Bispo da Diocese de Assis-Nocera Úmbria-Gualdo, Dom Domenico Sorrentino, em sintonia com a comunidade dos Frades menores da Província Seráfica, que presidirá as Primeiras Vésperas da Solenidade às 19 horas do dia 1º, com a tradicional peregrinação da Cidade de Assis e a Celebração Eucarística às 11 horas do dia 2. Já às 15 horas de sábado, chegará à Porciúncula a 34ª Marcha Franciscana, que neste ano terá como tema “Cem por um” e reunirá mais de mil jovens peregrinos provenientes de várias regiões da Itália e de diversas partes do mundo. 

“A visita do Papa Francisco à Terra Santa e sobretudo o momento de oração que ele partilhou no Vaticano com Shimon Peres e Abu Mazen – sublinhou Dom Sorrentino – suscitaram tantas esperanças. Talvez muitas. Não poderia haver maior desilusão do que a explosão do conflito que ocorreu pouco depois entre os dois povos, ainda uma vez com o êxito da morte e de escombros. Derrotada também a oração? Nos vem a tentação de fazer esta pergunta”. 

Dom Sorrentino recordou que em 1986 o Papa João Paulo II havia inaugurado o “espírito de Assis”, o encontro que reuniu líderes de diversas religiões para rezar pela paz. “Em 27 de outubro próximo – recordou ele -, na anual comemoração do “Encontro de Assis”, vamos repropor aquele desafio, atualizando-o: “A iniciativa do Papa Francisco pela paz em Israel: qual o futuro?”. 

O convite à comunidade para participar da festa do Perdão, é um convite para rezar pela paz e também um convite à conversão – explica o prelado. “Quem de nós, nesta última e cruenta página da guerra entre o Hamas e Israel não se perguntou porque, contra todo senso de humanidade e razoabilidade, as armas não se calam, quando os mortos chegam às centenas e desfiguram as faces das mães de ambos os lados?”. 

“O espírito de Assis” permanece mais vivo do que nunca e nós – conclui Dom Sorrentino – o queremos invocar pela Terra Santa por ocasião do Perdão da Porciúncula”. 

Mais informações sobre o ‘Perdão de Assis’ podem ser obtidas no site www.assisiofm.it. 

Fonte: http://franciscanos.org.br/?p=64914#sthash.w5XUfNAu.dpuf

terça-feira, 15 de julho de 2014

SÃO BOAVENTURA, O GRANDE DOUTOR FRANCISCANO


João de Fidanza, filho de João de Fidanza e Maria Ristelli, nasceu em Bagnoregio, do distrito de Viterbo, dos Estados Pontifícios, em 1221. Curou-se na infância de grave doença, depois de uma invocação a São Francisco de Assis feita por sua mãe, a que faz referência o próprio São Boaventura (Sermo de B. Francisco, serm.3). 


Pelo ano 1234 seguiu para a Faculdade das Artes, de Paris, onde se graduava pelo ano 1240. Ingressou aos 17 anos na Ordem dos Franciscanos, onde assumiu o nome de Boaventura. Talvez estivesse motivado pela devoção a São Francisco que lhe vinha da infância, e ainda pela admiração a Alexandre de Hales, por quem se deixara orientar doutrinariamente, enfim pelo apreço em que levava o espírito da Ordem, como se infere de suas mesmas palavras. 

A teologia a estudou provavelmente sob Alexandre de Hales (+ 1245), porque o chama de pai e mestre. Boaventura principia o magistério em 1248 como bacharel bíblico, com o Comentário ao Evangelho de S. Lucas; conforme os estatutos da Universidade, dois anos depois, como bacharel sentenciário, explicaria a Sentenças, o que teria feito, então, em 1250 e 1251; na mesma sequência deveria chegar ao doutorado em teologia em 1253. Frente às dificuldades criadas então aos religiosos, parece que Boaventura só conseguiu o reconhecimento do título em 1257. 

Mas, abandonou exatamente, então, o magistério, passando então ao posto de Geral da Ordem franciscana; tinha 36 anos. Dedicou-se à causa da Ordem, à sua espiritualidade e à pregação em geral. Em 1273 foi feito cardeal e bispo de Albano. Exerceu especiais incumbências no Concílio de Lyon, quando foi conseguida a união com a Igreja Grega (6-7-1274), a qual todavia foi precária. Oito dias após o Concílio faleceu o cardeal (14-7-1274). Foi canonizado em 1482 e declarado doutor da Igreja em 1587. 

Boaventura chegara mais cedo a Paris que São Tomás; enquanto o primeiro se graduava em artes em Paris em 1240, Tomás chegará a Paris em 1245, para seguir em 1248 para Colônia. Boaventura completa o tirocínio para a conquista do grau de mestre em 1253, Tomás, que retornara a Paris, lecionou ali de 1252 a 1259, depois seguindo para a Itália (1259-1268). 

Cessou, porém o magistério de Boaventura em 1257. Entretanto Boaventura não paralisou as suas preocupações intelectuais. Foi a um tempo, um homem de estudo, de ação e além de místico. Não participou das controvérsias tomistas de 1270, mas apoiou tacitamente a oposição, que era agostiniana. 

A obra literária de S. Boaventura é relativamente grande, principalmente tendo em consideração que lecionou apenas 10 anos (1248-1257), de quando datam os livros do tipo escolar. São de interesse filosófico: 

Comentários sobres as Sentenças (c. 1248-1255); 
Quaestiones disputates, sendo 7 De scientia christi, 8 de Mysterio Trinitatis, 4 de perfectione evangelica; 
Itinerarium mentis ad Deum (1259); 
Breviloquium (antes de 1257); De reductione artium ad theologiam; 
e os tratados sobre os Tópicos, Meteoros, e De generatione de Aristóteles. 

Deixou também numerosos sermões e escritos de natureza mística. São Boaventura morreu no dia 15 de Julho do ano de 1274. 

ORAÇÃO - Concedei-nos, Pai todo-poderoso, que, celebrando a festa de São Boaventura, aproveitemos seus preclaros ensinamentos e imitemos sua ardente caridade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. A Igreja também celebra hoje a memória dos santos: Justa, Rosália e Charbel.

Fonte: http://franciscanos.org.br/?p=59356#sthash.yHoVz1in.dpuf

segunda-feira, 7 de julho de 2014

FREI AFONSO SCHOMAKER RECEBE VISITA DA IRMÃ MORTE

Faleceu neste domingo, 06 de julho, no Recife Frei Afonso Schomaker, OFM, que encontrava-se internado há oito dias por causa de uma luxação de quadril (esquerdo). Apesar de ter sido operado, complicações fruto de uma infecção respiratória debilitaram sua saúde para estado gravíssimo, vindo a receber na noite de ontem a visita da irmã morte. 

Frei Afonso Schomaker nasceu aos 14 de fevereiro de 1937 em Glandorf – Alemanha. Ingressou na Ordem dos Frades Menores em 1958, e logo depois foi enviado ao Brasil, onde fez sua profissão solene em 1962 e foi ordenado presbítero em 1964. Sua atuação nas paróquias franciscanas do bairro de Santo Amaro, no Recife, e de Aracaju foram marcantes. Em 1994 foi eleito Ministro Provincial, desempenhando este serviço com empenho e dedicação. Atualmente integrava a Fraternidade de Santo Antônio, no Recife. 

A missa de Exéquias será celebrada às 14hs e logo após acontecerá o sepultamento no Cemitério no bairro de Santo Amaro. 

Descanse em paz!

sexta-feira, 13 de junho de 2014

MENSAGEM DO MINISTRO PROVINCIAL POR OCASIÃO DA FESTA DE SANTO ANTÔNIO 2014

ORDEM DOS FRADES MENORES 
Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil 
Rua do Imperador, 206 Santo Antônio 
Caixa Postal: 176 - CEP: 50001-970 Recife-PE/BRASIL 
Telefones: +55 81 3424-4556 FAX: +55 81 3224-0033 
Endereço eletrônico: ofmne@terra.com.br 



 MENSAGEM PARA FESTA DE SANTO ANTÔNIO - DIA DA PROVÍNCIA - 13/06/2014 

Caros confrades, 
Paz e Bem! 

Ao celebrarmos hoje a festa de Santo Antônio, patrono de nossa Fraternidade provincial, e o Dia da Província, gostaria de me dirigir a todos os irmãos com uma breve e singela mensagem. 

Hoje é um dia de gratidão e de compromisso! 
Gratidão porque a nossa Fraternidade tem uma história de 429 anos marcada por avanços e recuos, luzes e sombras, morte e ressurreição! É a história da qual o Senhor nos concedeu fazer parte e protagonizar nos dias de hoje! Milhões de mulheres e homens são privados de ter uma história ou têm a história bruscamente interrompida pela pobreza, pela injustiça, pela violência... Temos uma história e devemos protagonizá-la pela vivência de nossa vocação de frades menores! Nossa vida está implicada com a vida de nossa Província! A Província não é uma simplesmente uma instituição quatro vezes secular. É muito mais: somos nós buscando responder ao chamado que o Senhor nos fez em nossa vida e na realidade concreta que vivíamos em nossas famílias, na sociedade e na Igreja da qual somos membros! A Província não é uma realidade fora de nós, mas dentro de nossa vida, de nossas opções concretas, de nosso ser e agir! Como sentimos a Província hoje? Como a vemos? Estamos construindo o seu futuro no hoje de nossas fraternidades? Acreditamos na vida fraterna? 

Infelizmente há que falem mal da Província, quem só veja o negativo! Mas há muita gente que se entusiasma com nossa Fraternidade provincial! Vejo isso, por exemplo, nos jovens frades professos temporários que diariamente dão vida à Webrádio Santo Antônio! Sei também que o coração de nosso confrade Frei Serafim Prein, com 101 anos, acalenta um sonho de ver nossa Província vigorosa na vida espiritual e atuante na missão evangelizadora! Temos confrades cuidando dos mais irmãos mais debilitados e dando tudo de si para marcarem presença na missão da Igreja, como frades menores! Não podemos esquecer as palavras de Santo Antônio, nosso padroeiro, num sermão de Pentecostes que guardamos com muito amor: “O falar é vivo quando as obras falam. Cessem as palavras, falem as obras. Estamos fartos de palavras, mas vazios de obras e por isso somos amaldiçoados pelo Senhor, que amaldiçoou a figueira, na qual não encontrou frutos, e sim, folhas apenas”. Temos que ter o “falar vivo”! 

O povo nos quer bem! Quanta gente dá o melhor de si a nós e a nossas fraternidades! E esperam que demos o melhor de nós: o testemunho de fraternidade, de acolhimento, de fraternidade, de entusiasmo e empenho missionário a serviço da Igreja de Jesus Cristo! 

Temos que continuar construindo a história da Ordem dos Frades Menores na vida de nossa Fraternidade provincial! Temos um caminho percorrido e muito a percorrer! Apesar de sermos muito menos em número, mas não nos faltam convites para ajudarmos em outras frentes missionárias! E não podemos deixar de agradecer a Deus pelo vasto espaço missionário que nossos antepassados conquistaram para nós! 

Temos uma espiritualidade riquíssima que encanta e nutre muitas pessoas pelo mundo afora! São Francisco, Santa Clara de Assis, Santo Antônio e tantos santos franciscanos continuam motivando a vida de mulheres e homens, jovens e adultos que buscam a santidade de vida que é compromisso com a vontade de Deus, a construção de uma humanidade confraternizada e em harmonia com a criação! Santo Antônio dizia que “os santos nasceram para o bem do mundo porque a santidade é uma virtude que acaba beneficiando a todos”. 

Hoje é dia de compromisso! Compromisso com o futuro de nossa Província que está hoje, também, em nossas mãos! Perguntemo-nos: O que posso fazer para que minha fraternidade tenha mais qualidade de vida em comum, de vida de oração, de entusiasmo missionário? Como estou me atualizando para testemunhar com lucidez e audácia a “forma de vida” que recebi de Francisco de Assis? Nosso compromisso é com o Evangelho, pois fomos chamados por nosso irmão e pai São Francisco a “viver o Evangelho”! 

Louvemos ao Altíssimo e bom Senhor por nossa Província! Preparemo-nos da melhor maneira possível para o Capítulo que se avizinha! 

Peçamos a Santo Antônio, nosso padroeiro, santo do mundo inteiro que nos ajude a acolher em nossa vida diária Aquele que “veio a nós para que possamos ir até Ele”! 

Feliz festividade antoniana! Feliz Dia da Província! 
“O Senhor lhes dê a Paz!”

Frei Marconi Lins, OFM
Ministro Provincial

terça-feira, 10 de junho de 2014

CARTAS DOS JUFRISTAS PRESENTES NO ENCONTRO DE JUVENTUDES 2014


Carta dos (as) Jufristas presentes no Encontro de Juventudes da 
Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil 

Ipojuca- PE, 25 de maio de 2014
Dia do Senhor - 6º Domingo da Páscoa

Aos irmãos da Ordem dos Frades Menores, 
 Aos irmãos e irmãs Jufristas do Brasil. 

Felizes em nos fazer presente neste encontro de juventudes, com o tema “Juventudes e novas mídias: tecendo novas relações”, e tomados pela inquietação da pergunta: “O que os jovens esperam dos frades?”, nós jovens da Juventude Franciscana viemos por meio desta reafirmar o nosso desejo de ser presença atuante e estarmos mais próximos de toda Família Franciscana aqui representada pelos frades menores e por nós. 

Alinhados com nossa vivência e partilhando da vivência com jovens de outras expressões juvenis das paróquias e comunidades acompanhadas pelos frades desta província, buscamos por meio de nossas ações demostrar o nosso protagonismo com a missão de encher a terra com o Evangelho de Cristo. 

Reconhecemos a importância do acompanhamento e assessoria da 1ª Ordem, de maneira afetiva e efetiva, inseridos na vida das juventudes, valorizando nosso protagonismo e testemunhando para nós a vivência dos valores franciscanos. Dentro dessa realidade, inspirados pelo Documento 85 da CNBB, Evangelização da Juventude: Desafios e Perspectivas, desejamos um acompanhamento por parte daqueles frades menores que demonstre uma forte paixão pela causa jovem. Ressaltando que necessitamos de assistentes que caminhem conosco e que nos façam pensar e não que somente pensem por nós. 

Como sinal visível desse compromisso, fraternalmente sugerimos ao Conselho de Formação da Província, que incluam no Programa de Formação, o conhecimento sobre a Ordem Franciscana Secular e a JUFRA, tendo em vista que esta última é a expressão juvenil da grande Família Franciscana. Pedimos ainda o acompanhamento às nossas fraternidades em seus diversos níveis, promovendo também a criação de novas, reconhecendo assim, a juventude como “lugar teológico”. 

Reafirmando esse compromisso mútuo entre OFM e JUFRA, desejamos participar dos próximos encontros provinciais e o nacional de juventudes, colaborando na construção, execução e avaliação dos mesmos. 

Por fim, voltamos para nossas localidades alimentados pela partilha de experiências de tantos(as) jovens acompanhados(as) por esta província, tecendo novas relações de juventudes e fraternidade. 

Que o Santo Cristo do Ipojuca continue a nos dar forças, juntamente com São Miguel Arcanjo e Santo Antônio, na nossa missão de construir o “Reino nos Caminhos da História”. 

Fraternalmente, 
Jufristas presentes no Encontro de Juventudes 2014

segunda-feira, 9 de junho de 2014

PROCISSÃO DE SANTO ANTÔNIO 2014


Sábado passado, dia 07 de junho, aconteceu a procissão de Santo Antônio, padroeiro da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil, do Estado de Pernambuco, da Cidade do Recife e padroeiro da Arquidiocese de Olinda e Recife. Centenas de pessoas acompanharam a procissão e aproveitaram para louvar e agradecer as graças alcançadas por intercessão de Santo Antônio. 

Por ocasião do dia 13 ser uma sexta-feira, dia de semana, onde o trânsito se torna complicado para trafegar e por conta dos jogos da Copa do Mundo, ficou decidido antecipar a procissão para este sábado. A procissão percorreu as principais ruas do centro do Recife e retornou para o Convento de Santo Antônio na Rua do Imperador, onde foi celebrada uma missa em honra ao grande Santo e Doutor da Igreja. A igreja ficou lotada de fiéis e celebração foi conduzida pelo Frei Diniz Souza, OFMCap.























sexta-feira, 6 de junho de 2014

6º DIA DA TREZENA DE SANTO ANTÔNIO NO CONVENTO DO RECIFE


 Hoje aconteceu o 6º dia da Trezena de Santo Antônio, no Convento do Recife. Os fiéis devotos do santo estiveram presentes para homenagear, agradecer suas graças alcançadas e pedir proteção. 

O tema proposto para hoje foi: A palavra que se faz Eucaristia. "Como o homem exterior vive do pão material, assim o interior se alimenta do pão celeste que é a Palavra de Deus". Quem nos ajudou na reflexão foi o Pe. Marcelo Marques Júnior, Administrador da Paróquia de São Sebastião - Av. Norte. 

A trezena segue até o próximo dia 13, dia de Santo Antônio, padroeiro da Província Franciscana, da Arquidiocese de Olinda e Recife e do Estado de Pernambuco.









domingo, 1 de junho de 2014

TREZENA DE SANTO ANTÔNIO 2014 NO CONVENTO DE RECIFE/PE


PROGRAMAÇÃO 2014

01/06 - 16:00 Trezena /Missa: Ascensão A Palavra que nos comunica vida. 
“O rosto do Pai é o Filho. Assim como pelo rosto se conhece uma pessoa, assim pelo Filho conhecemos o Pai” 
Pregador: Frei Paulo Araújo dos Santos, OFM - Guardião do Convento 
Responsáveis: OFS – Fraternidade Sto. Antônio 

02/06 - 16:00 Trezena /Missa: A Palavra que nos liberta do egoísmo. 
“Quem não ouve a Palavra de Deus e não observa a lei da caridade queima em vão o incenso da oração”. Pregador: Frei Francisco Robério, OFM e Frei Osmar da Silva, OFM 
Responsáveis: Fraternidades de Ipojuca e de Sirinhaém 

03/06 - 16:00 Trezena /Missa: A Palavra que nos chama aos Ministérios da Igreja. 
“Toda obra boa toma seu princípio na humildade” Pregador: Frei Paulo Araújo dos Santos, OFM – Guardião do Convento Santo Antônio e Frei Pedro Júnior, OFM – Coordenador provincial da Pastoral Vocacional 
Responsáveis: Animação Vocacional da Província 

04/06 - 16:00 Trezena /Missa: A Palavra que nos liberta do consumismo. 
“É raro a dano que não provenha da abundância”. 
Pregador: Frei Carlos Antônio Silva Santos, OFM Administrador Paróquia de Salgadinho 
Responsáveis: Paróquia do Coração de Jesus - Salgadinho – Olinda 

05/06 - 16:00 Trezena /Missa: A Palavra que nos solidariza com os que sofrem a solidão. “Não pode haver tranquilidade do coração sem amor ao próximo”. 
Pregador: Frei Marconi Lins,OFM – Ministro Provincial OFM 
Responsáveis: Comerciantes e Comerciários do Bairro de Santo Antônio  

06/06 - 16:00 Trezena /Missa: A Palavra que se faz Eucaristia. 
“Como o homem exterior vive do pão material, assim o interior se alimenta do pão celeste que é a Palavra de Deus” 
Pregador: Pe. Marcelo Marques de Santana Júnior – Administrador da Paróquia S. Sebastião – Santo Amaro 
Responsáveis: Apostolado da Oração - Paróquia de São Sebastião – Av. Norte
  
07/06 - 16:00 PROCISSÃO/MISSA CAMPAL: A Palavra que nos abre os olhos à realidade do tráfico de pessoas. 
“Se tirares aos pobres seus parcos haveres, estarás a sugar o sangue deles, estarás a sufocá-lo, e enfim tu mesmo serás sufocado pelo diabo”. 
Pregador: Frei Diniz Souza - Frade Capuchinho 
Responsáveis: ASA – Amigos de Santo Antônio 

08/06 - 15:00 Trezena e CAMINHADA PARA O CARMO: Pentecostes | A Palavra que nos comunica o Espírito. 
“Quem está cheio do Espírito Santo fala várias línguas. As várias línguas são os vários testemunhos de Cristo, tais como a humildade, a pobreza, a paciência, a obediência”. 
Pregador: Frei Paulo Araújo dos Santos,OFM – Guardião do Convento de S. Antônio
Responsáveis: Família Franciscana 

09/06 - 16:00 Trezena /Missa: A Palavra que nos compromete com a justiça. 
“Convença-se que rouba o alheio quem retém para si o que vai além do necessário”. 
Pregadores: Frei José Milton Azevedo, OFM e Frei José Gilton Rezende,OFM 
Responsáveis: Fraternidade de Olinda 

10/06 - 16:00 Trezena/MISSA : A Palavra que nos comunica a graça de Deus. 
“Os santos nasceram para o bem do mundo porque a santidade é uma virtude que acaba beneficiando a todos”. 
Pregador: Frei Marconi Lins, Frei Rogério Lopes e Frei Joanan Marques, OFM 
Responsáveis: Hora da Graça 

11/06 - 16:00 Trezena/Missa : A Palavra que nos faz Igreja. 
“Onde há caridade e amor aí se encontra a assembleia dos santos”. 
Pregador: Pe. Francisco Caetano Pereira – Adm. Paroquial da Paróquia N. Sra. da Piedade Responsáveis: Filhas de Sant’Ana e Filhas da Caridade 

12/06 - 16:00 Trezena/Missa: A Palavra que nos faz Fraternidade. 
“O amor aos irmãos é a introdução na ceia da vida eterna”. 
Pregador: Frei Paulo Araújo dos Santos, OFM – Guardião do Convento S. Antônio Responsáveis: Venerável Ordem Terceira de São Francisco 

13/06 - TESTEMUNHA E ANUNCIADOR DA PALAVRA QUE LIBERTA. 
“Cessem as palavras e falem as obras!” 

6:00 Missa e Bênção - Frei Humberto Brügger,OFM 
7:00 Missa e Bênção - Frei Paulo Araújo dos Santos,OFM 
9:00 Missa SoleneFrei Joaquim Ferreira da Luz , OCarm - Vigário Episcopal do Vicariato Recife Norte 1 
15:00 Bênção das Crianças e dos Lírios - Frei Rogério Lopes, OFM 
17:00 Missa e Bênção - Frei Carlos Alberto Breis Pereira, OFMVigário Provincial
Responsáveis: Pia União de Santo Antônio Coral Santo Antônio

quinta-feira, 29 de maio de 2014

50 ANOS DE VIDA RELIGIOSA DO FREI BOAVENTURA KEUTER, OFM

PROVÍNCIA FRANCISCANA DE SANTO ANTÔNIO DO BRASIL

Homenagem ao FREI BOAVENTURA KEUTER,OFM 
50 anos de Vida Religiosa 

“E depois que o Senhor me deu irmãos ninguém me mostrou o que eu deveria fazer, mas o Altíssimo mesmo me revelou que eu devia viver segundo a forma do Santo Evangelho” (Test 4,14). 

Hoje, dia 29 de maio, nosso confrade FREI BOAVENTURA KEUTER, OFM celebra, em Bardel, seu Jubileu de Ouro de Vida Religiosa Franciscana! Aqui do Brasil, o Definitório Provincial reunido em Congresso, em nome de todos os confrades da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil, louva ao Altíssimo e bom Senhor pela vida de nosso confrade Frei Boaventura, desejando saúde, alegria e toda bênção ao nosso confrade jubilado! Unimo-nos aos confrades da Fraternidade de Bardel para cantar os louvores ao Senhor pelo dom precioso que é nosso Frei Boaventura! Frei Boaventura, parabéns! “O Senhor lhe dê a Paz!” 

Em nome da Fraternidade Provincial, 

Frei Marconi Lins, OFM
Ministro Provincial


Ehrung von FREI BONAVENTURA KEUTER, OFM 
zum 50jährigen Ordensjubiläum 

Und nachdem mir der Herr Brüder gegeben hatte, zeigte mir niemand, was ich zu tun hätte, sondern der Allerhöchste selbst hat mir geoffenbart, dass ich nach der Form des heiligen Evangeliums leben solle.“ (Test 4,14) 

Am heutigen 29. Mai 2014 feiert im Kloster Bardel unser franziskanischer Mitbruder FREI BONAVENTURA KEUTER, OFM sein Goldenes Ordensjubiläum! Hier in Brasilien , während des gerade stattfindenden Definitoriums, lobe ich im Namen aller Mitbrüder der Franziskanerprovinz vom Heiligen Antonius den Allerhöchsten und Gütigen Herrn für das Leben unseres Mitbruders. Wir wünschen unserem Jubiliar Gesundheit, Freude und reichen Segen! Wir vereinen uns mit den Mitbrüdern der Gemeinschaft von Bardel, um Gott zu danken für das wertvolle Geschenk, das Bruder Bonaventura für uns ist! Bruder Bonaventura, herzlichen Glückwunsch! Gott schenke Dir seinen Frieden! 

Im Namen der Provinzgemeinschaft

Frei Marconi Lins, OFM
Provinzialminister
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...