segunda-feira, 17 de junho de 2013

ENCERRAMENTO DA FESTA DE SANTO ANTÔNIO 2013


Fiéis lotaram o convento de Santo Antônio do Recife para homenagear o grande Santo, Doutor da Igreja, Santo Antônio. O convento esteve aberto desde às 06h da manhã onde foi celebrada a primeira missa do dia e continuou com orações e entrega do pães bentos na portaria. 

Às 10h, houve a missa solene celebrada pelo frade da Ordem do Carmelitas, Frei Joaquim Ferreira. Às 15h a tradicional benção das crianças e dos lírios e as 17 horas missa de encerramento celebrada pelo Ministro Provincial, Frei Marconi Lins, OFM.

Ao final da celebração, o guardião do convento, Frei Paulo, agradeceu e abençoou a todos que cooperaram com a festa e a todos fiéis presentes que sempre estão ajudando o convento durante todo o ano.


















quinta-feira, 13 de junho de 2013

MENSAGEM DO MINISTRO PROVINCIAL PARA À PROVÍNCIA

Caros confrades, 
“O Senhor lhes dê a Paz!” 

Iniciei o mês de junho em Aracaju, participando da abertura da Trezena de Santo Antônio; em seguida fui a Penedo, Salvador, São Francisco do Conde, Ipojuca, Fortaleza… São muitos os lugares em nossa Província onde Santo Antônio é festejado. E, certamente, em todas as Fraternidades o “Doutor Evangélico” é lembrado e celebrado por nós junto ao povo de Deus. 

Hoje, dia 13 de junho, é Solenidade de Santo Antônio e Dia da Província! Aqui em Recife ele é padroeiro principal da cidade, da Arquidiocese e também do estado de Pernambuco.  

Queremos que este dia seja uma oportunidade para celebrarmos o testemunho evangélico deste nosso confrade e, ao mesmo tempo, tomarmos consciência de nossa pertença à Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil, nossa Fraternidade. 

Santo Antônio, nosso padroeiro, frade menor como nós, é conhecido por ter sido grande pregador das Sagradas Escrituras. Iluminado por ela foi missionário e testemunha fiel no meio do povo de Deus. Queria que a Palavra de Deus fosse levada a sério, convertendo os corações e provocando a transformação da sociedade. Lutou pelos direitos dos pobres denunciando as injustiças que sofriam. Dizia aos que exploravam os pobres: “Quem aperta uma pessoa pela goela, tira-lhe a voz e a vida. As posses do pobre são a vida dele, e como a vida vive do sangue, ele deve viver disso. Se tirares aos pobres seus parcos haveres, estarás a sugar o sangue dele, estarás a sufocá-lo, e enfim tu mesmo serás sufocado pelo diabo”. Com a força profética das Sagradas Escrituras e o testemunho de vida austera, incomodou muita gente: do clero à nobreza, ricos e pobres! 

Como primeiro mestre de teologia dos frades menores, autorizado por São Francisco, deixou para os frades e para a Igreja a riqueza de seus escritos, ou seja, os esquemas bem elaborados de seus sermões, iluminados por muitíssimas citações bíblicas, bem como de pensadores cristãos e das ciências da época, aplicados à vida concreta do povo de seu tempo. Conhecemos muitas citações de seus sermões embora devamos sempre situá-las no contexto de sua compreensão das Sagradas Escrituras. São cinquenta e três sermões dominicais, quatro das festas de Nossa Senhora e vinte festivos, perfazendo um total de setenta e sete. Todos nasceram de uma vida de profunda oração e contemplação, da leitura, meditação, vivência e pregação da Palavra de Deus. 

Creio que hoje deveríamos nos perguntar sobre o lugar que a Palavra de Deus ocupa em nossa vida pessoal e fraterna. Como tornar nossas fraternidades lugar de escuta da Palavra de Deus e nossa missão anúncio testemunhal desta mesma Palavra? Se nossas fraternidades estiverem centradas na Palavra de Deus e na Eucaristia, a vida fraterna terá qualidade, profundidade e alegria, fazendo crescer o sentido de pertença que a torna o primeiro modo de evangelizar! 

Nossa fraternidade, desde sua origem, está vinculada à escuta da Palavra de Deus e nela encontra sua identidade: somos irmãos menores! 

Num tempo de tantas incertezas, relativismo, solidão e violência, nossa condição de irmãos menores, vivendo em fraternidade, na escuta da Palavra de Deus e num processo de permanente conversão é nossa contribuição para a construção de um mundo melhor, no qual a vida é levada a sério, pois tem sua origem num Deus que é amor! Esta é a fé que vivemos e professamos. 

Neste dia festivo, rezem com o povo de Deus por nossa Fraternidade e façam uma coleta em prol das atividades de formação de nossa Província. Caros confrades, desejo toda paz e todo bem a todos vocês como também ao povo de Deus com quem compartilham a vida e a missão. 

Feliz Dia da Província! 
Viva Santo Antônio! 


Recife, 13 de junho de 2013. 

Frei Marconi Lins, OFM
Ministro Provincial

segunda-feira, 10 de junho de 2013

PROCISSÃO DE SANTO ANTÔNIO 2013

Ontem, dia 09 de junho, aconteceu a procissão de Santo Antônio, padroeiro da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil, do Estado de Pernambuco, da Cidade do Recife e padroeiro da Arquidiocese de Olinda e Recife. Centenas de pessoas acompanharam a procissão e aproveitaram para louvar e agradecer as graças alcançadas por intercessão de Santo Antônio. 

Por ocasião do dia 13 ser numa quinta-feira, dia de semana, onde o trânsito se torna complicado para trafegar, foi decidido antecipar a procissão para este domingo. A procissão percorreu as principais ruas do centro do Recife e retornou para o Convento de Santo Antônio na Rua do Imperador, onde foi celebrada a missa em honra ao grande Santo e Doutor da Igreja. A igreja ficou lotada de fiéis e celebração foi conduzida pelo Frei Paulo Sérgio Bezerra, OFMCap. 

















sábado, 8 de junho de 2013

LANÇAMENTO DO LIVRO DE FREI JOSÉ MILTON, OFM

Hoje, durante os festejos da Trezena de Santo Antônio 2013, houve o lançamento do livro que conta a vida do grande Frei Casimiro Brochtrup, OFM, escrito pelo Frei José Milton, OFM. 

Foi um momento emocionante para Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil e para o próprio Frei José Milton, pois era um grande desejo seu escrever sobre a vida deste seu confrade que tanto contribuiu para Província e para a cidade do Recife. Especialmente os bairros da Macaxeira e Santo Amaro por onde Frei Casimiro passou e deixou sua presença missionária registrada e concretizada. No bairro de Santo Amaro, ele ajudou na construção da Capela de São Sebastião, hoje, Matriz de São Sebastião, que até janeiro de 2013 estava sendo administrado pelos Franciscanos e hoje administrado pelos Diocesanos. Também construiu a Escola Frei Casimiro. 

O Ministro Provincial, Frei Marconi Lins, OFM, elogiou o trabalho seu confrade e ressaltou sua grande contribuição para Província espalhando a força do carisma e da espiritualidade franciscana para todos os povos. 

O nome do livro chama-se: Frei Casimiro, O APÓSTOLO DOS MOCAMBOS da memória à profecia. Está sendo vendido no Convento de Santo Antônio do Recife na Rua do Imperador. 


Um breve histórico sobre a vida de Frei José Milton:


Nasceu a 19 de outubro de 1934, em Bezerros, no Agreste pernambucano. 

É o primogênito entre 5 irmãos (3 homens e duas mulheres), filhos de Heriberto Coelho e Inês de Azevedo Coelho, ambos falecidos. 

Cursou os primeiros anos do Primário em sua terra natal. Em 1946 ingressou no Colégio Seráfico de Santo Antônio de Ipuarana (Lagoas Seca / PB). Em 1947 integrou a primeira turma que inaugurou a Escola Apostólica de São Boaventura, em Triunfo / PE. Tendo completado aí o curso Primário, foi mandado para o colégio de Ipuarana em 1949. Concluído nesse seminário franciscano o curso de Humanidades, ingressou no Noviciado Franciscano de Sirinhaém / PE, em 1955. Cursou Filosofia no Instituto Franciscano de Olinda e Teologia no Convento de São Francisco de Salvador / BA, onde se ordenou sacerdote aos 22 de julho de 1961. Lecionou por 9 anos no Seminário de Ipuarana. Fonte: http://freimilton-ofm.blogspot.com.br/2013/06/lancamento-de-livro-dados-biograficos.

























Equipe Blog OFM  Eventos.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

TREZENA DE SANTO ANTÔNIO 2013

Caríssimos irmãos e irmãs, devotos de Santo Antônio, 

O Senhor lhes dê a Paz! 


Santo Antônio com sua pregação e testemunho nos ajuda a viver o Ano da Fé! Com este tema queremos celebrar a Trezena de Santo Antônio em 2013, Ano da Fé, proclamado por Bento XVI em 11 de outubro de 2011 e que será encerrado solenemente no dia 24 de novembro deste ano, Domingo de Cristo Rei. Sabemos que Santo Antônio viveu numa época de mudanças sociais e de crise religiosa, com muitos grupos que se opunham ao papa e à hierarquia da Igreja. 

Não podemos negar que foi um tempo em que as autoridades da Igreja, mesmo o papa, estavam muito envolvidos com o poder e a riqueza! Mas foi nesta época, século XIII, em que surgiu Francisco de Assis e também Antônio de Lisboa, nosso padroeiro. Santo Antônio, como luz em meio às trevas, caminha no meio dos homens e das mulheres pregando o Evangelho de Jesus Cristo e confirmando sua pregação com o exemplo de sua vida! E não é isto que a Igreja precisa ser e testemunhar neste século XXI? Estamos num momento crítico da história da humanidade: há muito desenvolvimento ao lado de muita miséria e exclusão social; muitas oportunidades e muita violência e ameaças à paz mundial; muitas leis e muito desrespeito à vida humana, aos animais e à natureza! 

É dentro desta realidade contraditória que nós cristãos devemos redescobrir a força da fé em Jesus Cristo. “Nesta perspectiva, o Ano da Fé é convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor, único Salvador do mundo. No mistério da sua morte e ressurreição, Deus revelou plenamente o Amor que salva e chama os homens à conversão de vida por meio da remissão dos pecados” (PF, 6) Durante a Trezena, nas celebrações e no convívio fraterno, vamos juntos ouvir e aprofundar a mensagem da Palavra de Deus e também o ensinamento dos Sermões de Santo Antônio. 

Queremos fortalecer nossa fé e nos comprometer a testemunhar com gestos concretos o que Jesus veio fazer entre nós: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). Sejam bem-vindos ao Convento de Santo Antônio do Recife! Feliz e abençoada Trezena! 


 Fraternalmente, 
Os Frades do Convento de Santo Antônio do Recife. 

PROGRAMAÇÃO:

01 de junho (Sábado) 
16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “Acreditemos firmemente e confessemos com simplicidade”. Pregador: Frei Paulo Araújo, OFM 
Animação: Amigos de Santo Antônio 

02 de junho (Domingo) 
16 horas: Trezena e Eucaristia 
Tema: “Ver e crer é a mesma coisa, porque quanto creres, tanto verás”. 
Pregador: Pe. João Bosco Costa 
Animação: Pastoral Vocacional da Província 

03 de junho (2ª Feira) 
16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “A veste da alma é a fé, que é de ouro se for iluminada com o brilho da caridade”. 
Pregador: Frei Francisco Robério, OFM 
Animação: Frades do Convento de Ipojuca e Sirinhaém 

04 de junho (3ª Feira) 
16 horas: Trezena e Eucaristia 
Tema: “O católico, com os olhos do coração, iluminados pela fé, vê as coisas ocultas de Deus e confessa-as publicamente com a boca”. 
Pregador: Pe. Paulo Monteiro 
Animação: Hora da Graça 

05 de junho (4ª Feira) 
16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “Pelas obras a fé se clarifica e pela fé as obras se confirmam”. 
Pregador: Frei Walfrido Mohn, OFM 
Animação: Filhas de Santana e Filhas da Caridade 

06 de junho (5ª Feira) 
16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “Crer em Deus” é amar acreditando, é ir até Ele pela fé, aderir a Ele pela fé, é incorporar-se aos Seus membros. 
Pregador: Frei Carlos Antônio,OFM 
Animação: Paróquia do Sagrado Coração de Jesus - Salgadinho 

07 de junho (6ª Feira) 
16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “A fé no Verbo Encarnado é a proteção e a defesa dos penitentes”. 
Pregador: Pe. Marcelo Marques 
Animação: Apostolado da Oração 

08 de junho (Sábado) 
16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “A fé sem amor é vã; a fé com amor é própria de um cristão”. 
Pregador: Frei José Milton, OFM 
Animação: Frades do Convento de São Francisco, Olinda Lançamento do Livro de Frei José Milton 

09 de junho (Domingo) 
16 horas: Procissão e Eucaristia Tema: “A fé é a vida da alma”. 
Pregador: Frei Paulo Sergio Bezerra, OFMCap. 
Animação: Família Franciscana 

10 de junho (2ª Feira) 
16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “A fé é um escudo, sob o qual está segura a justiça”
Pregador: Frei Rogério Rodrigues, OFM 
Animação: Funcionários do Convento Santo Antônio 11 de junho 

(3ª Feira) 16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “A fé é alérgica aos bens temporais, porque perece na abundância deles”. 
Pregador: Frei Abelardo José, OFMCap. 
Animação: Fraternidade da OFS do Convento de Santo Antônio 

12 de junho (4ª Feira) 
16 horas: Trezena e Eucaristia Tema: “A caridade é a alma da fé. Se perdida, a fé morre”.
Pregador: Frei Paulo Araújo, OFM 
Animação: Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Recife 

13 de junho (5ª Feira) 
DIA DE SANTO ANTÔNIO Tema: Santo Antônio com sua pregação e testemunho nos ajuda a viver o Ano da Fé! 
Missas festivas: 
6:00 horas - Frei Humberto Brugger, OFM 
7:30 horas - Frei Walfrido Mohn, OFM 
Missa Solene: 10 horas - Frei Joaquim Ferreira, OC 
Bênção das Crianças e dos Lírios: 15 horas; 
Missa de Encerramento da Trezena: 17 horas - Frei Marconi Lins, OFM 
Animação: Pia União, Coral Santo Antônio e Frades
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...