sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

NOSSO CAPÍTULO PROVINCIAL 2012

Desde o dia 3 de janeiro, nós, frades menores da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil, estamos reunidos no aprazível convento de Santo Antônio, em Lagoa Seca, PB, para celebrar nosso Capítulo Provincial.

O Capítulo Provincial é nossa assembleia geral, celebrada a cada três anos com a finalidade de avaliar e planejar nossa vida e missão de frades menores, levando em conta a nossa presença e nosso testemunho nos lugares e realidades onde estamos presentes no nordeste (Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia), também no Pará, na Missão entre os índios Tiriyó, na fronteira com o Suriname, na Casa de Apoio à Missão, em Belém, e na Alemanha. Neste Capítulo escolhemos o governo da Província, isto é, a equipe de animação da vida e missão dos 150 frades que formam nossa Fraternidade. Essa equipe é formada pelo ministro provincial, vigário provincial (ou vice-provincial) e seis definidores (conselheiros).
O tema do Capítulo é: Partindo novamente do Evangelho, somos uma Fraternidade em missão. Com esse tema queremos voltar a nossas origens e encontrar São Francisco nos dizendo “Esta é a regra e a vida dos frades menores: observar o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, vivendo em obediência, sem nada de próprio e em castidade” (RB1,1). O Evangelho, que é o próprio Jesus, mudou a vida de Francisco de Assis, fazendo-o um homem novo, disposto a viver pobremente, anunciando pelo exemplo e pela palavra o amor de Deus para com toda a humanidade e todas as criaturas. Logo apareceram alguns companheiros para viver e caminhar com Francisco e assim nasceu a ORDEM DOS FRADES MENORES, que hoje está espalhada por toda face da terra e com uma história de 800 anos.

Como parte desta Fraternidade universal (a Ordem dos Frades Menores), somos chamados e enviados por São Francisco a viver o Evangelho na Igreja e no mundo, pela vida que vivemos entre nós frades e na missão evangelizadora nas diversas realidades onde estamos presentes.

Desenrolar do Capítulo

No dia 3 de janeiro, terça-feira, foram chegando os frades capitulares, isto é, aqueles que por direito são membros do Capítulo: os animadores das fraternidades, chamados guardiães e os que representam o conjunto dos 150 frades e que foram escolhidos pelos frades em votação ou nomeação: os deputados, representantes dos frades estudantes e os que estão a serviço do Capítulo (secretaria, liturgia, animação e saúde). Como o Capítulo é aberto, outros vieram e em alguns momentos tivemos quase 70 frades.

Na quarta-feira, dia 4, às 6 horas foi celebrada a Eucaristia de abertura do Capítulo, presidida por Dom Jaime Vieira da Rocha, atual administrador diocesano de Campina Grande, pois ele foi transferido para Natal, como novo arcebispo. Após a Eucaristia e o café da manhã, foram iniciados os trabalhos na sala capitular, e discutido o horário, programação e escolhidos e nomeados frades para os serviços das sessões capitulares.

No dia 5, quinta-feira, vivemos uma jornada de oração e para isso formos ao Santuário Padre Ibiapina, em Santa Fé, perto do povoado de Arara, no município de Solânea, PB. Lá entramos em contato com a vida deste grande missionário nordestino, apóstolo do Nordeste e peregrino da caridade, nascido em Sobral, CE, no ano de 1806.

No mesmo santuário está sepultado o grande teólogo, um dos pais da teologia da libertação, o padre belga José Comblin, falecido em 27 de março do ano passado. Neste ambiente de oração e compromisso com os pobres, refletimos sobre nossa identidade franciscana, ajudados pelo Frei Nestor Schwerz que veio de Roma para assessorar nosso Capítulo. E assim vivemos um dia muito especial para todos nós, preparando-nos para muitos dias de trabalho nas sessões capitulares de 7 a 13 de janeiro. O presidente do Capítulo é Frei Valmir Ramos, nomeado pelo governo geral da Ordem como nosso visitador geral. Frei Valmir, entre os meses de agosto a novembro do ano passado, visitou todas as fraternidades e conversou com todos os frades de nossa Província, preparando assim o Capítulo provincial. Nas sessões do Capítulo entramos em contato com a realidade concreta da Província – vida e missão – através da leitura dos relatórios do Visitador geral, do ministro geral que estava terminando sua missão, dos serviços de animação da Província – formação, evangelização e economia/administração – alem dos relatórios das duas fraternidades da Alemanha. No dia 9, tivemos a alegre e esperançosa presença de Dom Bernardo Johannes Bahlmann, bispo da diocese de Óbidos, no Pará, onde está situada a Missão entre os índios Tiriyó, confiada a nossa Província há 50 anos. Ele falou da realidade dos povos indígenas presentes no território da Diocese e dos desafios para acompanhar pastoral e socialmente nossos irmãos indígenas. Deixou muitas propostas concretas para o fortalecimento da pastoral indigenista na região.

Eleição do novo governo provincial

No dia 10 de janeiro, terça-feira, foram realizadas as eleições para escolher o novo governo provincial, ou seja, os frades responsáveis pela animação da vida e missão da Província. Assim ficou constituída a nova equipe de animação para o triênio 2012-2014:

Frei Marconi Lins de Araújo, ofm (Ministro Provincial),
Frei Carlos Alberto Breis, ofm (Vigário Provincial),

Definidores:
Frei Francisco Robério Ferreira de Sousa, ofm,
Frei José Teixeira Rodrigues, ofm,
Frei Wellegton Jean Barbosa de Souza, ofm,
Frei José Gilton Rezende, ofm,
Frei Severiano Alves Barbosa, ofm,
Frei Gilmar Nascimento da Silva, ofm.


Desafios e perspectivas

Após o dia 10 de janeiro, entramos de cheio na realidade de nossa Província, avaliando o caminho percorrido nos últimos seis anos (2006-2011) e buscando identificar os sinais de vitalidade e de debilidade de nossa vida e missão. Somos chamados a fortalecer nossa vida de frades menores, priorizando a formação permanente e inicial, vivendo mais centrados no Evangelho, fortalecendo a vida em comum – a fraternidade, a oração – e tendo coragem de trabalhar o redimensionamento e a reestruturação de nossas presenças. Temos consciência de que somos poucos – só 150 frades – espalhados num vasto espaço missionário (norte, nordeste e Alemanha), assumindo 16 paróquias e outras presenças e serviços pastorais. Neste Capítulo, experimentamos a força renovadora do Espírito Santo, pela participação de muitos frades jovens assumindo a animação, a litúrgica, as tarefas essenciais como secretaria, o cuidado com a saúde dos capitulares e redesenhando o rosto de nossa Fraternidade provincial com a jovialidade e a esperança.

Como nosso pai e irmão São Francisco, queremos elevar nosso Cântico das Criaturas ao Altíssimo e bom Senhor, que nos fez viver dias tão importantes para todos nós frades desta Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil. Nestes dias sentimos a presença e a solidariedade de muitas pessoas amigas, sobretudo dos lugares onde estamos presentes, rezando por nós, enviando mensagens e nos dizendo que esperam que sejamos verdadeiros franciscanos, seguidores de Jesus Cristo como foi São Francisco de Assis.

Frei Marconi Lins, OFM
Ministro Provincial

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Lembro de todos vocês com muito carinho. Frei Robério, Frei Beto, Frei Gilton, Frei Marconi, Frei João, Frei Romualdo, Frei Francisco e tantos outros...Agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de convivência com a familia franscicana na comunidade de Nossa Senhora do Ó- Ipojuca e ao mesmo tempo sinto falta desse espirito acolhedor, alegre, amigáve, evangelizador, motivador e missionário dos líderes franciscanos. Sempre os recordo em minhas orações!!! Abraço!! Luclecia Gomes Ferreira

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...